Quais são as áreas de atuação do engenheiro ambiental?

4 minutos para ler

Quando estamos nos preparando para prestar um vestibular, costumamos ter algumas dúvidas sobre qual curso fazer. Isso acontece porque há uma vasta gama de graduações sendo oferecidas, tanto na forma de licenciatura como bacharelado.

Normalmente, nos baseamos pelas matérias da escola com as quais tínhamos afinidade. Assim, os estudantes que obtinham bons desempenhos em Ciências e Biologia, por exemplo, podem se interessar por Engenharia Ambiental, que estuda os problemas do ambiente em suas dimensões ecológicas, sociais e econômicas.

Se você ficou interessado em seguir essa carreira, continue a leitura deste post e veja como é o mercado de trabalho no Brasil para esse profissional, quais são as principais áreas de atuação do engenheiro ambiental e qual é a importância de estudar em uma boa instituição de ensino.

Como é o mercado de trabalho de Engenharia Ambiental no Brasil?

Aumenta cada vez mais a preocupação das pessoas com o meio ambiente. Por conta disso, assuntos como preservação e sustentabilidade estão sempre em alta, fazendo com que cresça a procura por engenheiros ambientais.

Eles são responsáveis pelo desenvolvimento e pela implementação de estratégias que contribuam com a preservação do meio ambiente. Assim, espera-se que o perfil do engenheiro seja o de um profissional de bom raciocínio lógico e senso crítico, saiba resolver problemas, consiga trabalhar bem em equipe e tenha uma boa capacidade de análise, de decisão e de negociação.

Para atuar nessa profissão, é preciso ter um diploma de ensino superior reconhecido pelo MEC, além de uma inscrição no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

De acordo com o site Vagas.com, o salário médio de um Engenheiro Ambiental é de R$ 5.060. Um estagiário, por sua vez, pode receber até R$ 1.453.

[eBook] O guia completo do futuro estudante de engenharia

Quais são as principais áreas de atuação do engenheiro ambiental?

Com uma formação ampla, o engenheiro ambiental pode atuar em diferentes atividades econômicas, tanto no setor público como no privado. Normalmente, seu trabalho tem um foco em:

  • controle da emissão de poluentes;
  • planejamento e gestão do meio ambiente;
  • recuperação de áreas desmatadas e poluídas;
  • geoprocessamento;
  • captação e purificação de água;
  • bioprocessos e biotecnologia;
  • emissão de licenças para obras e construções.

Esse profissional também pode oferecer consultorias, trabalhar em ONGs e órgãos governamentais, cuidar de projetos autônomos e, ainda, realizar pesquisas em laboratórios.

Qual é a importância de escolher uma boa instituição de ensino para estudar?

Agora que você já sabe sobre o mercado de trabalho e as principais áreas de atuação para um engenheiro ambiental, pode estar considerando essa opção para o seu futuro. Por isso, saiba que é importante levar em conta alguns fatores ao escolher em qual instituição de ensino estudar.

Antes de qualquer coisa, veja se o curso é reconhecido pelo MEC. Só assim o diploma será válido em todo o território nacional. Verifique também se a instituição conta com professores preparados e se oferece instalações apropriadas para o curso.

Tomando esses cuidados, você garantirá um bom aprendizado e terá mais chances de encontrar boas oportunidades no mercado de trabalho.

Como vimos, há uma grande variedade de áreas de atuação do engenheiro ambiental. Por isso, se você gosta de assuntos relacionados à Ecologia, essa pode ser uma boa opção de carreira para o seu futuro.

Ficou interessado em atuar como engenheiro ambiental? Então, entre em contato conosco e veja como podemos ajudar você a alcançar esse objetivo!

Posts relacionados

Deixe um comentário