Desvende os 4 maiores mitos da carreira e do curso de enfermagem

3 minutos para ler

Escolher a sua carreira profissional não é uma tarefa simples. Diversos são os cursos ofertados na comunidade acadêmica e amplas são as oportunidades no mercado de trabalho.

A ansiedade, a pressão da família e da sociedade quando a vida profissional está em jogo são grandes. Escolher o curso que você tem maior afinidade e que ao mesmo tempo lhe trará uma carreira de sucesso, não são tarefas fáceis. Algumas carreiras, atualmente, lhe dão benefícios incríveis e proporcionam estabilidade financeira e profissional por toda uma vida.

O curso de Enfermagem não fica de fora, pois essa área vem crescendo excepcionalmente no Brasil e, por isso, possui uma oferta de emprego grande, além de ser valorizada na sociedade, de forma geral.

Devido ao crescente mercado dessa área assim como a sua expansão, vamos aqui apontar alguns mitos da enfermagem que envolvem a carreira e o curso! Tenho certeza que você, após ler este post, vai desvincular algumas crenças equivocadas sobre a área:

1. A enfermagem é um curso voltado apenas para as mulheres

Esse mito é bastante antigo, e advém de uma sociedade que acreditava que cuidar do próximo era tarefa destinada às mulheres, por isso, essa ideia ainda permeia no nosso subconsciente. Porém, a área atual conta com grande número de homens trabalhando no mercado de trabalho.

É importante salientar o quão importante é ter ambos os gêneros atuando dentro de unidades de saúde, visto que muitos pacientes podem se sentirem desconfortáveis em serem atendidos por enfermeiros do sexo oposto ao seu.

2. Área de profissionais que não conseguiram cursar medicina

Esse é um pensamento bastante comum da sociedade, porém, advém de uma grande valorização da área médica em detrimento das demais áreas. Inclusive do enfermeiro, que pertence também ao setor da saúde.

[Guia Prático] 6 Passos para acertar na escolha da profissão

Mas, com o grande crescimento desse setor, a área de enfermagem cada vez mais tem ganhado espaço e status na sociedade, fazendo com que essa ideia tenha diminuído bastante.

3. Remuneração baixa

Tradicionalmente, muitas áreas ainda possuem um certo mito quanto ao salário, e isso advém da valorização e da oferta do mercado de trabalho. Atualmente, a área de enfermagem é uma das áreas que mais cresce e, portanto, mais oferta emprego.

Isso tem aumentado devido à área de saúde estar crescendo consideravelmente e cada vez mais são necessários profissionais para se trabalhar em diversos os ambientes de trabalho.

Sem dúvida, devido aos diferentes locais em que há a necessidade de atuação desses profissionais, esta área é uma das mais valorizadas e que possui maior remuneração.

4. Profissionais trabalham apenas em hospitais

Antigamente, acreditava-se nesse mito devido à área estar dentro da saúde, porém, com o crescimento e amplitude da enfermagem, diversos são os locais em que o profissional pode atuar, sejam elas hospitais, clínicas, escolas, empresas privadas diversas, domicílios, dentre outros.

Sem dúvida a área é frutífera e proporcionará aos profissionais um grande rendimento financeiro. A área é sim uma das que mais cresce e é, sem dúvida, uma carreira de sucesso e de estabilidade financeira e profissional.

Gostou da matéria? Possui dúvidas? Comente em nosso post.

[eBook] Guia Definitivo da Orientação Vocacional
Posts relacionados

5 thoughts on “Desvende os 4 maiores mitos da carreira e do curso de enfermagem

  1. Boa noite!
    Descordo! A realidade é de um desvalorização imensa. Pode conferir que paga-se pouco aos profissionais de enfermagem. Seja ela Técnico ou Enfermeiro. Existe reconhecimento que somos essencial para o cuidado do paciente no período de sua internação ou quando necessita de atendimento, mais reconhecer isso em $$$, está difícil. Tem projeto de Lei tramitando há quase 1 década e meia no parlamento. Só não sai do papel porque os empresários não querem desbancar grana para remunerar melhor a Enfermagem. Portanto descordo de sua afirmação.
    Att.
    Joanir Santos,
    Bacharel em Enfermagem
    Pós- Graduado em Enf. do Trabalho.

  2. A desvalorização por parte dos dirigente faz com que os profissional de saúde seja pago assim, mas com decorrer do tempo a uma evolução gradualmente no pagamento dos técnicos de saúde.Pode conferir que paga-se pouco aos profissionais de enfermagem. Seja ela Técnico ou Enfermeiro. Existe reconhecimento que somos essencial para o cuidado do paciente no período de sua internação ou quando necessita de atendimento, mais reconhecer isso é difícil.

Deixe um comentário