O que eu preciso saber sobre o mercado da Educação Física no Brasil?

7 minutos para ler

Ter uma profissão que pode levar ao sucesso profissional e à realização pessoal é o desejo da grande maioria das pessoas. Por isso, se você tem afinidade com a prática de atividades físicas e quer trabalhar para proporcionar saúde e qualidade de vida às pessoas de todas as idades, pode apostar sem medo no mercado da Educação Física.

Esse ramo, para quem é graduado na área, é amplo e permite crescimento na carreira. Aliás, o profissional de Educação Física é cada vez mais valorizado, visto que a população está se conscientizando sobre a importância de ter uma vida ativa para retardar o envelhecimento e prevenir uma série de doenças.

Diante disso, confira nosso post e entenda melhor como é o mercado de Educação Física e as suas principais áreas de atuação!

Como é o mercado de Educação Física no Brasil?

Para conhecer as perspectivas profissionais da Educação Física, é preciso saber como é a formação nessa área. Existem duas modalidades:

  • licenciatura: com duração de 4 anos, prepara o aluno para dar aula na educação básica (Ensino Fundamental e Médio). Permite, ainda, que o profissional siga carreira acadêmica, com docência universitária e pesquisas científicas relacionadas à área;
  • bacharelado: também tem duração de 4 anos e possibilita uma atuação mais ampla, excluindo a educação básica. O profissional pode trabalhar em academias, setor de recreação e turismo, como autônomo (personal trainer) e preparador físico, entre outros segmentos.

Se o profissional apresentar o diploma de bacharel, é possível complementar a formação tornando-se licenciado. Como já acompanhou muitas disciplinas em comum na primeira graduação, ele consegue o segundo diploma em um tempo reduzido. O mesmo vale para quem tem licenciatura e deseja também obter a formação em bacharelado.

Qual é o perfil desse profissional?

Quem escolhe atuar no mercado de Educação Física não precisa ser atleta, mas deve gostar de exercícios físicos e do contato mais próximo com pessoas. Assim, é importante ter algumas características que facilitam a prática da profissão. A seguir, listamos as principais:

  • ser comunicativo para conseguir transmitir as instruções aos alunos com clareza;
  • ter paciência para ensinar a melhor forma de fazer os movimentos, levando em conta as particularidades de cada indivíduo;
  • saber motivar os alunos, uma vez que as pessoas muitas vezes fazem os exercícios desanimadas, o que pode prejudicar seu desempenho;
  • liderar (principalmente grupos escolares).

Qual é a média salarial dessa área?

No mercado de Educação Física, a remuneração depende de vários fatores, como o nível de experiência do profissional e o tipo de cargo que ocupa. Por isso, listamos aqui algumas médias salariais que podem ser encontradas no setor:

Quais são as principais áreas de atuação?

Para trabalhar no ramo, além do diploma, o profissional precisa ter o registro no Conselho Regional de Educação Física de seu estado. Acompanhe, a seguir, as possibilidades de atuação.

Educação

Nessa área, exclusiva para quem faz a licenciatura, é possível trabalhar como professor do Ensino Fundamental e Médio com aulas de Educação Física — obrigatórias no currículo escolar — , ou ainda como coordenador pedagógico de instituições de ensino. O profissional tem a opção de prestar concurso público para atuar em escolas municipais e/ou estaduais, ou ser contratado por colégios particulares.

Condicionamento físico

No mercado de Educação Física existe uma ampla oportunidade de atuação em academias, clubes, spas e condomínios, planejando e supervisionando a prática da atividade física e elaborando programas específicos para cada aluno. Pode atuar, ainda, em empresas com programas de ginástica laboral.

Recreação

O profissional tem espaço em hotéis, clubes e associações, com o planejamento e coordenação de atividades recreativas para o público infantil. O mesmo tipo de trabalho pode ser realizado junto ao público da terceira idade, por meio de jogos adaptados em casas de repouso, por exemplo, entre outros locais.

Gestão

Quem quiser ter o próprio negócio pode gerenciar academias ou ainda prestar consultoria esportiva. Outra opção é organizar eventos esportivos e atuar nas áreas de gestão e Marketing Esportivo de empresas ligadas à prática de atividades físicas.

Esportes

O profissional de Educação Física pode trabalhar como treinador ou preparador físico de equipes esportivas e atleta de alto desempenho. Além disso, também é habilitado para iniciar pessoas de todas as idades no aprendizado de alguma modalidade esportiva.

Reabilitação física

Cada vez mais, a prática de atividade física torna-se sinônimo de um corpo saudável. Por isso, a Educação Física vem ganhando o nome de “Medicina do Futuro”. Dessa maneira, o profissional encontra mercado também no âmbito da reabilitação física, podendo atuar em clínicas médicas e hospitais.

Quais são as principais especializações na Educação Física?

Para crescer nessa carreira, é interessante continuar os estudos após a graduação e buscar algum tipo de especialização na área. A seguir, destacamos algumas das possibilidades mais promissoras. Confira!

Treinamento Desportivo e Personal Trainning

Essa especialização é importante para o profissional aprofundar os conhecimentos em relação à montagem de treinamento físico individualizado e alimentação adequada para potencializar os resultados dos exercícios. Além disso, contribui para que seja capaz de identificar talentos desportivos e desenvolver suas habilidades para atingir um alto rendimento.

Atividade Física Adaptada

Exercícios físicos são fundamentais a todos, inclusive pessoas com deficiência e da terceira idade. Assim, essa especialização é voltada para profissionais que desejam entender melhor como desenvolver programas de atividades para pessoas com deficiência auditiva, visual, intelectual e motora, entre outras condições que exijam a adaptação das práticas tradicionais.

Gestão do Esporte

Nesse segmento, o foco é aprofundar os conhecimentos acerca da gestão de entidades, eventos e projetos ligados ao esporte. Para tanto, o profissional de Educação Física estuda conteúdos sobre finanças, gestão de Recursos Humanos, Marketing Esportivo, funcionamento de instalações esportivas, organização de eventos e legislação esportiva, entre outros temas afins.

Ginástica Laboral

A prática de atividades físicas nas empresas é uma tendência que ganha cada vez mais força conforme os gestores reconhecem os ganhos de produtividade conquistados com a preservação do bem-estar dos colaboradores. Em tal cenário, essa é uma especialização voltada justamente para a atuação do profissional de Educação Física como orientador de atividades e hábitos que previnem doenças ocupacionais.

O mercado de Educação Física vem crescendo no país, de modo que quem opta por essa graduação consegue boas oportunidades profissionais. A dica é apenas escolher uma instituição de ensino de qualidade para ter uma formação consistente e começar a sua carreira com o pé direito na área.

Quer ficar por dentro de outros conteúdos sobre ensino superior e futuro profissional? Assine a nossa newsletter e receba diretamente em seu e-mail posts atualizados sobre o assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário