Perícia contábil: entenda como funciona essa área da contabilidade

3 minutos para ler

graduação em Ciências Contábeis oferece boas oportunidades em diferentes campos de atuação: o profissional pode trabalhar em âmbito público ou privado, em empresas, escritórios de contabilidade, de forma autônoma ou ainda com perícia contábil.

Isso mesmo! Muita gente não sabe, mas essa formação permite trabalhar em questões ligadas à justiça, em que o profissional realiza pareceres que vão compor um processo judicial.

Ficou curioso em saber como funciona essa área? Então vem com a gente e entenda melhor como esse trabalho é realizado!

O que é a perícia contábil?

A perícia contábil é uma atividade relacionada à área jurídica, em que o papel do profissional de contabilidade é reunir materiais e emitir laudos ligados a aspectos contábeis para subsidiar as decisões em processos judiciais.

Para ser perito, além de ter feito a faculdade em Ciências Contábeis, é necessário ser registrado no Conselho Regional de Contabilidade e nomeado para o caso por um juiz ou por uma das partes envolvidas no processo.

Esse trabalho é fundamental em situações de perdas e danos materiais, dissolução de sociedades, divisão de bens, análise ou revisão de algum encargo contra alguma instituição financeira, entre outros casos.

Quais são os tipos de perícia?

Existem dois tipos de perícia contábil:

  • judicial: realizada a pedido do juiz quando se faz necessária a emissão de laudo profissional de contabilidade para um processo judicial;
  • extrajudicial: realizada a pedido de uma das partes para análise de processos de venda e compra de empresas, partilha de bens, casos de indenizações trabalhistas etc. 

Como esse trabalho é feito?

Em um processo judicial, pode ser necessário, por exemplo, analisar a situação contábil de uma empresa e quem tem o conhecimento técnico e científico para a função é justamente o profissional com formação em Ciências Contábeis.

Para isso, ele executa um conjunto de técnicas que tem por objetivo a emissão de laudo ou parecer sobre questões dessa área por meio de investigação, exame e avaliação de um material.

O planejamento desse trabalho começa com a indicação do perito que recebe os números do processo para ter acesso aos documentos e, assim, montar um cronograma e estipular os honorários. Em seguida, o juiz determina que as partes se manifestem em relação a esses honorários, bem como a data para a entrega do laudo.

Para elaborar o laudo, o perito analisa documentos, livros contábeis, transações e certificações, realiza vistorias e pode ainda buscar informações por meio de entrevistas com pessoas que tenham ligação com a questão. É uma atividade que exige muita leitura, concentração e organização.

A perícia contábil é uma área que tem crescido e, portanto, uma boa oportunidade para quem tem o diploma em Ciências Contábeis. Para se dar bem nessa carreira, o profissional que se volta para o segmento precisa estar atualizado em relação a leis, regulamentos, mudanças tributárias e outros assuntos que envolvem a área contábil.

Se você tem vontade de fazer carreira em Ciências Contábeis, mas ainda está em dúvidas sobre as possibilidades de atuação, tire todas elas com a gente. É só deixar um comentário neste post que, em breve, responderemos!

Posts relacionados

Deixe um comentário