Engenharias

Tudo sobre engenharia de produção: solucione suas dúvidas sobre o curso

 

Se você considera estudar engenharia, mas ainda não sabe qual, descubra agora tudo sobre engenharia de produção para ter certeza que este realmente é o caminho que você quer trilhar ou não!

Dentre tantas opções, nunca é fácil decidir qual graduação cursar na universidade. Por isso, antes de fazer a escolha que vai definir sua carreira, pesquise o máximo sobre os cursos que você tem interesse e considere também as opções profissionais que você terá quando se formar.

Neste artigo, vamos falar tudo sobre engenharia de produção: como é essa área, qual o mercado de atuação para quem é formado nela e o que é ensinado no curso. Confira!

O que é a engenharia de produção?

A engenharia de produção é a área que lida com a integração de processos, pessoas e equipamentos em uma empresa. O engenheiro de produção é um profissional que vai projetar e gerenciar sistemas organizacionais e tecnológicos para potencializar a produtividade de um negócio e otimizar os custos.

Diferente de outras engenharias, que são mais técnicas, nessa existe um foco gerencial muito grande. Conhecimentos de administração, economia e engenharia são unificados em uma única disciplina que proporciona uma visão holística da empresa e da sua geração de valor.

Como é o curso de engenharia de produção?

No curso de engenharia de produção, a grade nos primeiros períodos apresenta algumas disciplinas básicas e comuns a outras engenharias, com o objetivo de fundamentar o conhecimento do aluno e deixá-lo preparado para conteúdos mais avançados nessas áreas.

A parte de projetos e arquitetura de produção também começa a ser abordada desde o início com temas como gestão de mudanças e mecanismos de coordenação.

Ao longo do curso, disciplinas como ergonomia e qualidade são ministradas, assim como um aprofundamento maior em alguns pontos cruciais de outras engenharias como química, física e elétrica.

Nos períodos mais avançados, quase todo conteúdo é voltado para métodos de controle estatístico, estruturação de processos e desenvolvimento de sistemas produtivos.

A expectativa é que o aluno recém-graduado tenha um conhecimento especializado em logística, projetos e produtos, ao mesmo tempo que conhece de forma essencial os conceitos básicos de diversas áreas de atuação para que possa se adaptar bem em múltiplas áreas diferentes.

Onde trabalha um engenheiro de produção?

O engenheiro de produção é de certa forma um generalista: ele pode se encaixar em praticamente todo tipo de empresa, especialmente aquelas com processos de produção mais estruturados, dos setores primário e secundário. Nesses negócios, ele será responsável pela organização, planejamento e controle do trabalho.

Além disso, também é possível encontrar muito espaço para engenheiros de produção no controle de qualidade, já que essa área também demanda um conhecimento avançado de processos e regulamentos.

E claro, o engenheiro de produção pode também se especializar na parte de projetos e buscar certificações após a graduação, como o PMP (Project Manager Professional), abrindo um leque imenso de possibilidades profissionais como gerente de projetos, uma carreira reconhecida e bem remunerada.

E agora que você já sabe tudo sobre engenharia de produção, que tal conhecer o nosso curso na área? Esperamos você!

 

Deixe um comentario