Você sabe o que faz um professor de Educação Física? Descubra agora!

4 minutos para ler

Para quem tem afinidade com o mundo dos esportes e gostaria de trabalhar com isso, seguir carreira como professor de Educação Física é uma ótima maneira de atingir esse objetivo. Afinal, o foco desse profissional é justamente promover a saúde e o bem-estar por meio da prática de atividades físicas.

O ramo também é interessante para quem se preocupa com a empregabilidade, uma vez que o mercado de Educação Física é bastante diversificado. São várias possibilidades de atuação que asseguram um futuro promissor para quem aposta em um curso na área.

Quer saber mais sobre essa profissão? Então, continue acompanhando este post e descubra como é a atuação do professor de Educação Física, além de conferir outras informações imperdíveis sobre essa carreira. Boa leitura!

O que faz um professor de Educação Física?

Esse é um profissional essencial não só para que as pessoas se exercitem, mas para que o façam de maneira correta e saudável. Seja como professor da educação básica, seja como personal trainer, por exemplo, sua função é orientar a prática das atividades físicas nos mais variados espaços.

Ao dar aulas no Ensino Infantil, Fundamental e Médio, o professor é o responsável por introduzir crianças e adolescentes no mundo dos esportes, evitando que se tornem pessoas sedentárias. Desse jeito, participa ativamente da formação de adultos mais saudáveis e disciplinados.

Em ambientes como academias de ginástica e centros de treinamento de atletas, por outro lado, o profissional de Educação Física orienta a prática de exercícios para que os alunos alcancem o condicionamento físico desejado. Isso inclui, além do acompanhamento de todo o processo, orientações acerca da alimentação ideal para atingir os objetivos.

Segundo a Catho, a média salarial do setor no Brasil fica em torno de R$ 1.550,00, mas esse é um valor que pode variar de acordo com o local e a atuação do profissional.

Quais são os desafios enfrentados pelo professor de Educação Física em seu dia a dia?

Como em qualquer carreira, esse profissional passa por alguns desafios no seu cotidiano. Nas escolas, o mais comum é a heterogeneidade das turmas, que podem incluir pessoas com deficiência, por exemplo. Nesses casos, o professor precisa desenvolver estratégias para que todos possam participar das atividades.

Em outros ambientes, quando o professor trabalha com atletas, por exemplo, o desafio passa a ser cumprir as metas. A pressão por bons resultados recai sobre todos os envolvidos no processo, de modo que é necessário ter bastante equilíbrio emocional para lidar com isso.

Como se tornar um professor de Educação Física?

Para atuar nessa área tão cheia de oportunidades e desafios que tornam a prática profissional ainda mais interessante, o caminho é fazer a graduação em Educação Física. Porém, saiba que esse curso superior é ofertado em duas modalidades: licenciatura e bacharelado.

Assim, escolha a opção de licenciatura se a sua intenção for ser um professor da educação básica. Se preferir trabalhar em academias de ginástica e outras áreas da Educação Física, contudo, o curso ideal é o bacharelado.

Por fim, é importante destacar que, para lecionar no Ensino Superior, o professor de Educação Física precisa dar continuidade aos estudos, dedicando-se a programas de pós-graduação como os mestrados e doutorados. Assim, as oportunidades se expandem ainda mais, e o indivíduo passa a participar da formação de outros profissionais que também se dedicarão a promover a saúde e o bem-estar.

Gostou das informações que trouxemos? Que tal conferir outros conteúdos sobre profissões e suas respectivas carreiras? Assine a nossa newsletter e não perca a nossas próximas publicações!

 

Posts relacionados

Deixe um comentário