Conheça 5 áreas de atuação do Engenheiro Civil

4 minutos para ler

As áreas de atuação do engenheiro civil são inúmeras, fato que significa muitas oportunidades de trabalho. Além disso, a remuneração é bem interessante. Para se ter uma ideia, a média salarial do engenheiro civil júnior é de R$ 8.237. Nada mau, não é mesmo? Ainda mais para o começo da carreira.

Esse profissional encontra emprego em indústrias, órgãos públicos, instituições financeiras, operadoras de saúde etc. Nesses empreendimentos, o engenheiro civil pode fazer reformas, projetos, cálculos, instalar sistemas hidráulicos, redes de esgotamento sanitário, adaptar prédios para portadores de deficiência e por aí vai.

Contudo, também é essencial refletir um pouquinho se você realmente tem o perfil de um estudante de Engenharia. Por exemplo: nesse ramo, tem que gostar de exatas e desenvolver a capacidade de liderança.

Ou seja, não é só o dinheiro que deve ser levado em conta na hora de tomar sua decisão. Para ajudar você a amadurecer sua escolha, preparamos um post didático sobre o assunto. Quer saber mais? Então venha com a gente e conheça 5 áreas de atuação do engenheiro civil!

1. Infraestrutura e Transportes

O engenheiro civil pode trabalhar para melhorias na infraestrutura de transportes. Nesse caso, ele pode projetar, construir ou modificar rodovias, aeroportos, ferrovias, portos etc.

Nesse campo, outra alternativa é o trabalho para melhorar o comportamento do trânsito. Assim, ele ajuda a distribuir melhor os semáforos, estabelece mãos de direção mais inteligentes para o tráfego, instala ou remove rotatórias, define a necessidade de ampliação de ruas e avenidas, entre outras atividades.

2. Saneamento básico

O engenheiro civil também projeta e executa a construção de sistemas de saneamento básico. Assim, ele viabiliza o funcionamento das redes e equipamentos necessários para coletar o esgoto e distribuir a água, por exemplo.

[eBook] O guia completo do futuro estudante de engenharia

3. Cálculo Estrutural 

Com o diploma da faculdade de Engenharia Civil em mãos, você também terá a opção de atuar com cálculo estrutural. Nesse ramo, o profissional dimensiona o volume e a resistência dos materiais para dar segurança às estruturas de pontes, fundações de edifícios, viadutos etc.

 4. Construção Civil

Não podíamos deixar de fora a construção civil, uma das áreas de atuação do engenheiro civil mais famosas. Nesse caso, o especialista constrói, gerencia e projeta os mais variados tipos de imóveis.

Assim, pode atuar em obras de fábricas, do mercado imobiliário residencial, na edificação de hospitais, escolas, lojas, supermercados e assim por diante. Caso você se interesse pela construção civil, é interessante fazer uma especialização em gestão de pessoas e projetos. Afinal, fazer mais com menos é um dos grandes desafios atuais da Engenharia Civil. Por esse motivo, saber administrar os recursos tem um importante valor nesse nicho.

5. Geotecnia

E as áreas de atuação do engenheiro civil que abordaremos neste post ainda não acabaram. Agora, falaremos sobre a geotecnia, que trata de intervenções que afetam rochas e solos.

Esse ramo cuida para que obras em túneis, em contenção de taludes e em fundações de edifícios tenham a estabilidade necessária. Além disso, aqui o profissional também pode tanto elaborar projetos como realizar as obras em si ou ambas as coisas.

As áreas de atuação do engenheiro civil são bastante diversificadas. Isso representa chances mais altas de bons empregos, além de remunerações que realmente são bem convidativas.

Contudo, independentemente da sua escolha, uma coisa é certa: você vai precisar de uma boa formação acadêmica. Nesse contexto, saiba que o curso de Engenharia Civil do UniFoa soma mais de 40 anos!

Além disso, oferecemos uma estrutura completa com laboratórios que vão complementar seu aprendizado. Mais um destaque é o nosso ensino híbrido, que intercala aulas presenciais e online. Quer ir para faculdade mesmo? Então, entre em contato com o UniFoa!

Posts relacionados

Deixe um comentário