Está difícil estudar na quarentena? Confira estas 5 dicas!

5 minutos para ler

Se antes a ideia de estudar em casa e com todo o conforto era vista com bons olhos, agora os desafios de cumprir essa missão estão sendo evidenciados. Com a suspensão das aulas presenciais em decorrência da pandemia do coronavírus, a verdade é que estudar na quarentena não tem sido uma tarefa fácil para todo mundo.

Uma das maiores dificuldades é manter uma rotina produtiva nesse novo modelo, que pegou muitas pessoas de surpresa. Quem não está tão acostumado com o ensino a distância, ou ainda não domina bem as tecnologias, tem sofrido um pouco mais.

Você está passando por essa situação? Acompanhe nossas 5 dicas para melhorar os seus resultados!

1. Defina um horário para estudar

A falta de rotina é um dos fatores capazes de prejudicar o seu rendimento. Mesmo que haja mais liberdade para escolher os horários de estudo, é importante tentar manter uma regularidade até mesmo para condicionar seu corpo e sua mente de que aquele é o momento de estudar.

Para isso, organize todas as suas atividades e defina um período para se dedicar diariamente. Se puder, deixe esse compromisso para o momento do dia em que você tem mais disposição e produtividade. Ter um local específico também vai ajudar!

2. Crie um plano de atividades

Outro aspecto que pode sabotar sua performance é a desorganização. Assim como não manter um caderno organizado dificulta que você encontre o que deseja, não ter um cronograma faz com que possa perder o foco, o que não contribui em nada para otimizar o tempo.

Portanto, não deixe de estabelecer um plano do que deve ser feito a cada dia, como assistir videoaulas, fazer exercícios, ler os materiais disponibilizados etc. Além das tarefas escolares, inclua os afazeres pessoais que fazem parte do seu cotidiano. Assim, vai ser mais fácil encaixar tudo e criar uma rotina produtiva.

Então, monte uma planilha, tabela ou uma simples lista e deixe-a em um local acessível para não esquecer das suas obrigações. Você também pode contar com um app de organização de tarefas.

[Guia Prático] 6 Passos para acertar na escolha da profissão

3. Diversifique suas fontes de conteúdo

Essa é uma ótima dica para aumentar a sua motivação na hora de estudar. O fato é que fazer uma mesma atividade por muito tempo realmente é capaz de deixar qualquer pessoa cansada, desanimada e desatenta. Isso é o que costuma acontecer quando ficamos horas lendo o mesmo livro para entender um assunto e colocar as matérias em dia.

Sabendo disso, consultar diversas fontes de conteúdo é uma forma de deixar seu estudo mais dinâmico. Por exemplo, se o objetivo é melhorar seus textos, já pensou em sair do automático e procurar novas técnicas de redação? Talvez você encontre metodologias e ideias que não conhecia.

Além dos materiais didáticos, aproveite para explorar outras opções, como vídeos, artigos na internet, podcasts, filmes e documentários. É importante tomar cuidado com a veracidade dos dados, mas vale muito a pena procurar diferentes fontes de informação.

4. Controle a ansiedade

A ansiedade é um sentimento natural nessa fase que estamos vivendo. Mudanças, restrições e incertezas são alguns dos aspectos que favorecem o seu aparecimento na maioria das pessoas.

Consequentemente, fica difícil manter a concentração nos estudos, não é verdade? Milhares de pensamentos passam pela nossa cabeça e roubam toda a atenção, sem contar que as distrações estando em casa parecem inevitáveis.

Para tentar controlar a ansiedade e preservar sua saúde mental, pense em maneiras de deixar os seus dias melhores. Algumas das nossas recomendações são:

  • faça coisas que aumentem sua sensação de bem-estar;
  • tenha momentos de descanso, na rotina;
  • pratique exercícios físicos para liberar endorfina e aumentar a imunidade;
  • mantenha contato social com pessoas queridas usando a tecnologia;
  • siga uma rotina e não se entregue ao “combo sofá e pijama” todos os dias;
  • não leia as notícias o tempo todo para não aumentar sua angústia;
  • procure conteúdos positivos para ter um pouco de tranquilidade e esperança.

5. Evite a procrastinação

Por último, tenha atenção para não desenvolver (ou acentuar) o hábito de procrastinar, deixando tudo para depois que a pandemia acabar — até porque não sabemos quando isso vai acontecer. Sua disciplina será fundamental para não criar uma grande bola de neve e prejudicar o seu futuro.

Enfim, estudar na quarentena pode ser mais divertido e produtivo do que você imagina. Use esse momento para se reinventar, descobrir suas preferências, repensar as metodologias de estudo, estimular a criatividade e aproveitar toda a sua autonomia!

Gostou das nossas sugestões? Compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais e passe as dicas para os seus amigos que também estão estudando em casa.

Posts relacionados

Deixe um comentário